Sunnyvale

sunnyvale-desenvolvendo-solucoes

 

Solução completa para atender a rastreabilidade de medicamentos será apresentada na FCE Pharma

 

Sunnyvale, principal fornecedora de codificadoras industriais, formatou solução completa, que une equipamentos e tecnologia, para atender as necessidades da indústria farmacêutica que precisará se adequar à lei da rastreabilidade de medicamentos

 

A Sunnyvale aproveita a FCE Pharma, que acontece entre os dias 12 e 14 de maio, no Expo Transamérica, em São Paulo, para apresentar solução completa que atende a lei 11.903/09 e a RDC 54/2013 que tratam das obrigatoriedades em relação a rastreabilidade de medicamentos. A empresa é fornecedora de equipamentos de codificação industrial e, por meio de parcerias, conseguiu desenvolver solução que inclui equipamentos, software e toda a tecnologia para a rastreabilidade dos medicamentos.
Para o gerente de vendas da divisão de codificação industrial da Sunnyvale, Wagner Gennari, os profissionais das indústrias farmacêuticas ainda contam com muitas dúvidas e precisam buscar mais informações. “Nós temos know-how em codificação e contamos com as três tecnologias disponíveis para a impressão dos códigos bidimensionais Datamatrix que passa a ser obrigatório nas embalagens. Formamos parcerias com empresas de sistemas e de leitores ópticos para termos uma solução completa. Estes parceiros também já estão envolvidos com o assunto e temos diversos projetos em desenvolvimento em laboratórios de pequeno, médio e grande portes”, explica o executivo. A Sunnyvale é representante exclusiva no Brasil da fabricante inglesa de codificadoras Domino Printing, referência na codificação da indústria farmacêutica em países que já contam com leis de rastreabilidade, como Turquia, França e Argentina. As codificadoras atendem as normas 21 CFR part 11 e GAMP 5, que são específicas para validação dos processos e definem as boas práticas para a indústria farmacêutica.

 

Na prática – Todos os medicamentos com registros na Anvisa estarão sujeitos à norma, inclusive amostras grátis, e terão de contar com o IUM (Identificador Único do Medicamento), espécie de RG dos remédios. As embalagens secundárias de todos os medicamentos, incluindo as embalagens múltiplas, embalagens secundárias para fracionados e embalagens hospitalares, devem conter o IUM. Os medicamentos que não possuem embalagens secundárias devem conter o IUM na primária. O IUM é composto, no mínimo, dos seguintes dados: Nº de registro do medicamento junto à Anvisa, Nº serial, Data de Validade e Lote.

 

A impressão é feita na linha de produção, que precisará passar por alterações em suas configurações e ter equipamentos de impressão e leitura do código que possibilitem a serialização das embalagens. A etapa seguinte é a de agregação, quando eles irão para caixas maiores para estoque e distribuição. “Nesta etapa nós também temos a solução para identificar esta caixa com etiquetaou impressão direta que contará com todos os IUMs dos medicamentos que estão nela, além de outros sistemas que integrem toda a informação”, acrescenta Wagner Gennari.

 

Prêmio Sindusfarma – A Sunnyvale é finalista do Prêmio Sindusfarma de Qualidade 2014, que terá os vencedores revelados no dia 12 de maio, em evento realizado no HSBC Brasil, em São Paulo, com a presença de cerca de dois mil convidados. A empresa está elencada entre os melhores na categoria Importadores de Equipamentos para Formulação e Embalagem.

 

Sobre a Sunnyvale – A Sunnyvale atua há 35 anos na comercialização e fabricação de equipamentos para codificação industrial, inspeção de produtos acabados, equipamentos para embalagens, injetoras e  robôs de paletização. A empresa representa cerca de 20 marcas de ponta em tecnologia para área de embalagem, como Domino, Saccardo, Bizerba, Foxjet, Sic, Fuji, Tavil, Trojanlabel e Anritsu, entre outras.

 

No portfólio estão mais de 90 equipamentos para atender a todas as necessidades dos segmentos que atua, o que coloca a Sunnyvale como uma das líderes em seu segmento. A empresa conta com escritório central em São Paulo, com três mil metros quadrados de área construída, e unidade fabril em Itaquaquecetuba, na região metropolitana da capital paulista, com cerca de 10 mil metros quadrados de área construída.

 

A Sunnyvale é parceira ativa de projetos, como a Fundação Gol de Letra, que tem como fundadores os ex-jogadores da Seleção Brasileira de Futebol, Raí e Leonardo.  A empresa também desenvolve trabalho de recolhimento das embalagens de fluídos utilizados nos equipamentos Ink Jet DOMINO e dos resíduos provenientes dessa utilização. De acordo com a legislação ambiental em vigor, o objetivo é que estes não sejam objetos de poluição ambiental de mananciais e rios, ou tomem destino impróprio. Mais informações no www.sunnyvale.com.br.

 

Informações à Imprensa

FDBCom Comunicação

Fernando Bella – Mtb: 42.270

Raony Pacheco

11 4436-3561

11 972316422

fernando@fdbcom.com.br

raony@fdbcom.com.br

Rigging Brasil

Rigging Brasil

Acidentes na movimentação e elevação de carga gera inovação em acessórios 

 

Riscos de acidentes no momento do processo de movimentação e elevação de cargas gera inovações por empresas especializadas em acessórios e materiais de segurança 

Um dos exemplos é o Bastão Balizador que evita o contato dos operadores com a peça que mantêm distância segura no processo 

 

O grande número de acidentes de trabalho no segmento de movimentação e elevação de carga ligou o sinal de alerta para todos os profissionais envolvidos com estes processos. Um dos maiores problemas evidenciados em campo e que mais chamam a atenção é a proximidade dos operadores no momento de elevar e movimentar as peças. Muitos ainda utilizam as mãos para balizar as peças e orientar sua acomodação.

 

Segundo dados mais recentes do Fundacentro, acidentes nas mãos têm apresentado crescimento ano a ano. Em 2011, do total de acidentes de trabalho, 35% foram causados nas mãos e, em 2012, o número passou para 37%. Este cenário tem motivado empresas voltadas à engenharia de movimentação e elevação da carga a inovar no desenvolvimento de soluções que auxiliem as operações e diminuam estes riscos de acidentes.

 

Para Gustavo Cassiolato, diretor da Rigging Brasil, empresa especializada em serviços de engenharia de movimentação e amarração de cargas, é preciso mudar a cultura das empresas no sentido de garantir a segurança dos operadores. Ele foi um dos profissionais idealizadores do Bastão Balizador, que foi desenvolvido para manter o operador longe das peças no momento de movimentação, por exemplo, de peças e equipamentos utilizando pontes rolantes e guindastes. “Na maioria dos casos o operador fica muito próximo da peça e consequentemente utiliza as mãos para orientar o posicionamento adequado. Qualquer problema que houver na ponte rolante ou nos equipamentos que seguram e elevam a carga, ele poderá sofrer acidente grave na mão e até mesmo algo fatal. Em nossas visitas percebemos que é possível com o Bastão Balizador criar o que chamamos de distância segura, que é uma distância calculada entre o raio de ação da peça e a altura içada”, explica Gustavo Cassiolato.

 

Bastão Balizador – O Bastão Balizador citado por Gustavo Cassiolato passa a ser fabricado no Brasil pela AGMOV, empresa especializada no desenvolvimento de materiais e acessórios para o segmento de movimentação e elevação de cargas. “O produto é uma inovação, já que não há algo semelhante nem mesmo no exterior. Temos recebido contato de grandes empresas fora do Brasil que gostariam de conhecer o produto para aquisição, visto o tamanho do benefício de um acessório relativamente simples como este”, revela Gustavo Cassiolato.

 

O Bastão Balizador é flexível chegando a até 1,35 metros de comprimento e pode ter sua ponteira adaptada de acordo com a aplicação. “É um produto muito acessível e que pode evitar custos com acidentes e salvar vidas. Este é apenas um exemplo do que se pode ter em relação a inovação e mudança de cultura na questão da segurança no setor”, completa Gustavo Cassiolato.

 

Sobre a Rigging Brasil – A Rigging Brasil é uma empresa brasileira especializada na prestação de serviços de engenharia para elevação, movimentação e amarração de cargas. A empresa conta com tecnologia RFID (Identificação por Radiofrequência) para automatização do processo, que gera mais segurança e economia na prestação do serviço.

 

A empresa também conta com áreas de Ensaios, para a verificação das propriedades dos materiais, Consultoria, com avaliações das especificações e aplicações, e Treinamento, com foco no uso e manutenção. A Rigging Brasil tem sede em São Paulo e atende todo o Brasil.

 

INFORMAÇÕES À IMPRENSA

FERNANDO BELLA

fernando@fdbcom.com.br

RAONY PACHECO

raony@fdbcom.com.br

11 4436-3561

11 97231-6422

PAC

paclogo

Rugby: Time feminino do Pasteur conquista quarto lugar no Beach Rugby 2014

 

Meninas do PAC conquistaram duas vitórias, dois empates e uma derrota. Agora, equipe já volta suas forças para o Campeonato Paulista

 

tn_feminino beachO time feminino do Pasteur Athlétique Club conquistou a quarta colocação na 6ª edição do Beach Rugby, competição disputada em Ilhabela nos últimos dias 8 e 9 de fevereiro. A equipe somou duas vitórias, dois empates e uma derrota.

 

Laís Segui, capitã do PAC, explicou que o resultado não superou a melhor campanha do time neste torneio, que foi em 2012, quando o clube conquistou a terceira colocação. Entretanto, a jogadora enalteceu o desempenho e esforço de suas companheiras e disse que o Beach Rugby serviu para dar continuidade no ajuste do time para a disputa do Campeonato Paulista.

 

“Mesmo não superando ou igualando a campanha de 2012, estamos felizes por ter ficado à frente de times importantes como o SPAC, Band A e Rio Branco. Aproveitamos o campeonato para exercitar ainda mais o entrosamento, que, sem dúvida, será fundamental para que possamos fazer uma campanha vitoriosa do Estadual”, enfatizou Laís.

 

Além do Pasteur, o Campeonato Paulista Feminino de Rugby terá a participação do Tornados Indaiatuba, Unesp Rio Claro, SPAC, Lusa Rhynos, Rugby para Todos, Mackenzie, Rio Branco, Tatuapé, Lechuza, União Rugby Alphaville e SP Barbarians.

 

O Pasteur Athlétique Clube é patrocinado pela Cofibam, Disnacon, Nascimento Turismo, Cryovac e Capitânia. Os apoiadores são o colégio Liceu Pasteur e a VFW – Uniformes de Rugby.

 

Sobre o Pasteur – O Pasteur Athétique Club foi fundado em 1981 e, ao longo de sua história, a equipe contribui de forma significativa para o desenvolvimento da modalidade no Brasil, com conquistas de títulos em todas as categorias em que atua e com iniciativas para o crescimento do esporte. Desde sua fundação, o PAC prepara e envia jogadores para a seleção Brasileira em todas as categorias.

 

O clube investe em suas categorias de base iniciando jogadores de 4 a 14 anos de idade em seu Núcleo Infantil, passando pelos atletas de 15 a 18 anos no Núcleo Juvenil. Depois, as revelações ingressam no Núcleo Adulto, que se trata do time principal, atual finalista do Campeonato Brasileiro – Super 10 – 2013.  Além disso, também conta com um Núcleo Feminino para jogadoras de todas as idades.

 

A partir de 2009 contribui também para a integração social, por meio do rugby, para crianças a partir dos 8 anos de idade. O PAC está fortemente ligado a projetos sociais, como o RUGBY PARA TODOS da comunidade de Paraisópolis em São Paulo, de onde surgiram muitos jogadores das atuais equipes de todas as categorias do PAC. Outros projetos sociais parceiros do Pasteur são o Arca do Saber, da V. Prudente, e o Pano A, do Tatuapé.

 

Informações à imprensa

FDBCom Comunicação

Raony Pacheco

raony@fdbcom.com.br

11 – 95727-1509